Balanço da Campanha Conexão Solidária Amapá

A Conexão Solidária Amapá é uma campanha organizada pela Associação das Defensoras e Defensores Públicos do Amapá (ADEPAP), em parceria com a Defensoria Pública do Estado do Amapá, e idealizada pela Associação das Defensoras e Defensores Públicos do Rio de Janeiro (ADPERJ), com a finalidade de arrecadar dinheiro para a compra de cestas básicas e kits de higiene e de limpeza em geral, destinados a segmentos e grupos sociais hipossuficientes e cuja vulnerabilidade se torna ainda maior diante dos efeitos sociais, jurídicos e econômicos decorrentes da pandemia da Covid-19.

O lançamento aconteceu no dia 24 de abril e, inicialmente, iria até o dia 10 de maio! No entanto, a campanha foi prorrogada enquanto durar a pandemia, em razão da situação extrema em que muitas famílias e comunidades foram encontradas, pelo avanço da crise gerada. Assim, por responsabilidade social, a ADEPAP e a Defensoria prolongaram o recebimento das doações.

Na primeira semana, já havia doação para atender a mais de 100 famílias e, ao final da primeira etapa, em maio, chegamos a arrecadar quase 15 mil reais, com o apoio dos associados e associadas, que doaram, inclusive, parte da contribuição associativa do mês de maio. As doações foram revertidas em 260 cestas básicas e 51 kits de higiene adquiridos pelo estabelecimento comercial que apresentou o melhor custo-benefício. Para a entrega dos mantimentos, a campanha contou com a parceria do Amapá Solidário, tendo havido a distribuição para 12 Comunidades Quilombolas e 6 Regiões da capital Macapá. As regiões foram escolhidas a partir da rede de parceiros da ADEPAP e da Defensoria Pública e de indicações de lideranças comunitárias, por meio de índices de maior vulnerabilidade social.

Dentre as Comunidades Quilombolas atendidas, estão a de Curralinho, Curiaú, Desterro, Mata Fome, Casa Grande, Conceição e São João do Matapi. Foram entregues 110 cestas e 51 kits de higiene, com apoio de mantimentos também do Amapá Solidário, na primeira etapa, no dia 16 de maio.

Na segunda etapa de entregas, dia 18 de maio, os seguintes polos foram atendidos em Macapá: Núcleo Zerão, Central Única de Favelas Amapá (CUFA-Amapá), Núcleo 12ª Av. Congós, Grupo Folclórico Juventude do Vale Verde, Residencial São José e Coletivo Outro Amanhecer (Novo Horizonte). Para dar publicidade a essa etapa, a ADEPAP fez uma live no instagram (@associacaoadepap) com a CUFA, para trazer relatos e divulgar a importância da solidariedade nesse momento!

A solidariedade, mais do que nunca, é uma questão de sobrevivência. O isolamento social é necessário, mas para que funcione, a solidariedade é essencial para garantir a subsistência dos autônomos e autônomas que dependem do trabalho para colocar comida em casa.

A Defensoria tem um importante papel de redução das desigualdades sociais e de garantia de direitos humanos. Por isso, convocamos a todos e a todas para fazer parte dessa iniciativa! Continue contribuindo na conta da Associação e acompanhe tudo nas nossas redes (@associacaoadepap, @defensoriaamapa): Banco do Brasil, Agência: 8123-X, Conta corrente: 6971-X, CNPJ: 33.851.202/0001-04.

Para ter acesso a toda a prestação de contas, acesse aqui e aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X